• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

(Bloomberg) — O governo de Minas Gerais espera conseguir a aprovação de um plano de privatização da Cemig até o final do ano, disse o governador do estado, Romeu Zema, em entrevista no Brazil Conference at Harvard & MIT em Cambridge.

“A situação financeira do estado é crítica demais, e não há como evitar a venda da Cemig”, disse Zema, acrescentando que a geração e distribuição de energia não são atividades prioritárias para o governo de Minas Gerais.

Zema, que assumiu o cargo em janeiro, disse que pretende enviar o plano de privatização para a Assembleia Legislativa até meados de ano, embora os detalhes da estruturação da venda ainda não tenham sido definidos.

“Estou otimista e acredito que o plano poderia ser aprovado antes do final do ano”, disse ele. “Mas com políticos você nunca sabe ao certo.”

Dois terços dos deputados estaduais precisam votar a favor do projeto para a aprovação se tornar realidade e Zema disse que “partidos de esquerda” que se opõem à venda não representam mais do que 20%.

[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta

sete + 9 =