• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

SÃO PAULO, 17 Jun (Reuters) – Correntistas do banco digital Inter utilizavam redes sociais para reclamar de problemas nesta segunda-feira (17), com alguns deles afirmando que os saldos de suas contas correntes estavam zerados.

Procurado, o banco afirmou que houve nesta manhã uma “instabilidade na visualização de saldo em uma pequena parcela de contas” e que todos os acessos e visualizações de saldo “já foram normalizados”.

Segundo o banco, os acessos foram temporariamente interrompidos “para as devidas correções e é importante esclarecer que o fato não representou prejuízos financeiros para nenhum correntista”. O Inter não informou de imediato quantos correntistas tiveram problemas.

Mais cedo, no Twitter, usuários do banco reclamavam que os saldos de suas contas estavam zerados e que não conseguiam realizar pagamentos. O mesmo ocorreu na conta oficial do banco no Facebook, onde uma usuária teve como resposta do banco que a “impossibilidade de visualizar o saldo/extrato é pontual e já estamos atuando. Dessa forma, orientamos que aguarde, pois em breve será solucionado.”

As ações do Banco Inter tinham queda de 2,1% às 13h48, cotadas a R$ 59,74. No mesmo horário, o Ibovespa tinha valorização de 0,21%.

No fim de 2018, o Banco Inter fez um acordo com o Ministério Público Federal, comprometendo-se a pagar R$ 1,5 milhão como forma de reparar danos morais coletivos decorrentes de vazamento de dados de quase 20 mil correntistas.

O Banco Inter encerrou o primeiro trimestre com 1,9 milhão de correntistas, número 3,6 vezes maior ao registrado um ano antes. De janeiro a março, foram abertas 489 mil novas contas.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Aluísio Alves)



[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta