• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

dólar comercial fechou quase estável nesta sexta-feira (1º), com leve alta de 0,09%, a R$ 3,662 na venda. Apesar da leve alta, a moeda encerra a semana com desvalorização acumulada de 2,91%, após duas altas semanais seguidas.

Na véspera, o dólar caiu 1,77%, a R$ 3,659 na venda, menor valor em mais de três meses.

Retorno do Legislativo

A sessão foi marcada pela expectativa em torno da eleição dos presidentes e das mesas diretoras da Câmara dos Deputados e do Senado, que deve ocorrer ainda nesta sexta. 

Na Câmara, o favorito é o atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que costurou uma ampla aliança de partidos para apoiá-lo. Seu principal adversário é o vice-presidente Fábio Ramalho (MDB-MG), que tenta surpreender.

No Senado, o ex-presidente da Casa Renan Calheiros (AL) foi escolhido na véspera candidato do MDB, que tem a maior bancada da Casa, derrotando Simone Tebet (MS) em votação apertada. São vários os nomes que se apresentaram como pré-candidatos, entre eles Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Álvaro Dias (PODE-PR).

A definição das mesas diretoras é importante porque permitirá que o governo comece a avançar com a sua agenda econômica, inclusive a reforma da Previdência, muito aguardada pelo mercado. 

Cenário externo

No exterior, números positivos sobre o mercado de trabalho dos EUA reduziram receios quanto ao crescimento econômico do país. Entretanto, os dados de novembro e dezembro foram revisados para baixo.

Ainda repercutia, também, a decisão do Fed (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos) de manter a taxa de juros no país, na quarta-feira.

Atuação do BC

Nesta quinta, o BC vendeu 10,33 mil swaps cambiais tradicionais, que equivalem à venda futura de dólares. Desta forma, rolou US$ 516,5 milhões do total de US$ 9,811 bilhões que vencem em março.

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta

nove + 14 =