• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, afirmou nesta quarta-feira (5), que a recuperação econômica do Brasil continuará em ritmo gradual, mas consistente. Ele estimou que o PIB (Produto Interno Bruto) deve crescer 1,4% em 2018 e 2,4% em 2019.

Ilan participa de audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal. Ele lembrou que o PIB registrou alta de 0,8% no terceiro trimestre.

“Foi a sétima variação positiva consecutiva, um comportamento não observado desde 2011. Isso mostra que a recuperação é gradual. As taxas não são elevadas, mas todos os semestres foram positivos. Isso nos dá conforto de que vamos crescer de forma consistente”, afirmou.

Recuperação depende de continuidade das reformas

Diante da recuperação econômica, Ilan ressaltou que a taxa de desemprego também segue em processo de queda gradual. “Na medida em que a economia vai crescendo, o desemprego vai declinando”, disse.

Para o presidente do BC, a retomada do crescimento econômico, com inflação e juros baixos, depende da continuidade dos ajustes e das reformas.

“Gostaria de enfatizar, como tenho feito em várias oportunidades, que a aprovação e a implementação das reformas, notadamente as de natureza fiscal e de ajustes na economia brasileira são fundamentais para a sustentabilidade do ambiente com inflação baixa e estável”, disse.

[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta

5 × quatro =