• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

A fundação Lemann anunciou a criação de um fundo que vai conceder bolsas a estudantes negros para cursos de pós-graduação no exterior. A fundação foi criada pelo empresário Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil e dono da cervejaria Ambev.

A expectativa é que sejam concedidas anualmente três bolsas, a partir do ano que vem. O valor não foi informado, mas, segundo a entidade, é suficiente para bancar todas as despesas dos estudantes.

Poderão concorrer alunos negros que tenham sido aceitos em programas de instituições parceiras da fundação em áreas como saúde, educação e gestão pública. A fundação não soube informar se haverá critérios socioeconômicos para a seleção.

As universidades estrangeiras parceiras são: Harvard, Columbia, Stanford, MIT (Massachusetts Institute of Technology) e Illinois de Urbana-Champaing, todas nos Estados Unidos, e Oxford, na Inglaterra. 

O fundo foi formado por uma doação de US$ 2 milhões (R$ 7,5 milhões) da Lemann e de outra fundação filantrópica, a norte-americana W.K. Kellogg Foundation.

Ele será administrado por uma entidade dedicada a projetos em prol da igualdade racial no Brasil, o Fundo Baobá. Do total de rendimentos do fundo, 5% serão destinados ao pagamento das bolsas. 

Dar feedback é como fazer um sanduíche; entenda

UOL Notícias

[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta