• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) entregou hoje ao Congresso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, sua principal promessa de governo. O texto propõe idades mínimas de aposentadoria de 65 anos para homens e 62 para mulheres e fixa um mínimo de 20 anos de contribuição.

A proposta que muda as regras da aposentadoria causou reações diferentes entre lideranças políticas e cidadãos nas redes sociais. Veja algumas.

Oposição bate

A oposição não demorou para questionar a proposta apresentada. O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) criticou o aumento do tempo de trabalho para aposentadoria.

Guilherme Boulos, ex-candidato à Presidência pelo PSOL, disse que o governo entrega a Previdência aos bancos.

A deputada federal (PT-PR) e presidente nacional do PT Gleise Hoffmann disse que é “um ataque brutal” aos trabalhadores.

Aliados elogiam

Apoiadores do governo e da reforma também foram às redes sociais para defendê-la. O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) prometeu “impedir que a esquerda populista” barre a proposta.

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) postou uma selfie com o ministro da Economia, Paulo Guedes, mas ficou um pouco fora de foco. “Vamos marcar um golaço pelo Brasil!”, escreveu ela.

Leitores não perdoam

Os militares ficaram de forma da proposta apresentada hoje, e isso gerou críticas.

Sabe aquela história de deixar para depois? Pois é. 

Brasileiro faz piada

Como tudo no Brasil, a apresentação do projeto também foi matéria-prima para memes e piadas. 

Um leitor atentou para a “empolgação” do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao receber a proposta das mãos do presidente. 

Gretchen não poderia ficar de fora.

Bolsonaro entrega nova proposta de Previdência; oposição protesta

UOL Notícias



[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta

três × um =