• admin
  • Economia
  • Nenhum comentário

[ad_1]

A proposta de reforma da Previdência enviada pelo governo ao Congresso prevê que os anistiados políticos contribuam para o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) com mesmos percentuais da contribuição do aposentado e do pensionista da Previdência dos servidores públicos federais, que passará a ser entre 7,5% e 22%, dependendo do valor recebido.

O governo também quer proibir o acúmulo da reparação mensal de anistiado político com a aposentadoria. O anistiado poderá escolher a que tiver o maior valor.

(Com Agência Brasil)

[ad_2]

Source link

Author: admin

Deixe uma resposta

1 × três =